Futebol, saudade do que a gente não viveu

Com a epidemia do Covid-19, o mundo dos eventos esportivos também parou e não tinha como ser diferente, o risco com a saúde do mundo por conta evolução do vírus faz com que a gente reveja muitas coisas, entre elas nosso consumo também com o futebol.

Porém, em época de quarentena, é preciso ocupar a mente e o corpo, seja com as práticas ao vivo das redes sociais – famosas lives -, seja com livros, BBB, tretas na internet, enquetes ou jogos antigos.

A questão é que bateu saudade até daquele joguinho ruim. Aquele que a gente passa 1h30 sendo técnico e resolvendo as questões táticas em minutos, coisa que na nossa cabeça é ~ super fácil de resolver ~ mesmo sem conhecer as limitações diárias que apenas as comissões técnicas conhecem, mesmo com o nosso estilo retranqueiro ser o oposto do estilo prafrentex do técnico, etc.

Sentir falta de jogo bom então nem dá pra falar. A temporada 2019 nos recheou com alguns ótimos (no Brasil e no Mundo). A evolução da linha de defesa alta que demorou pra chegar aqui, e ainda vai demorar – imagina-se que mais uns dois anos – pra muita gente entender a necessidade de defensores mais velozes pra isso.

Entre os jogos ruins e os raros jogos bons, sentimos falta também de acompanhar a evolução de cada time. Saudade do que ainda não vivemos, futebol! Mesmo sabendo que em meio a essa crise é até alienante pensar em campo e jogo.

Que os amigos estejam firmes nessa quarentena. Mas enquanto o mundo não retoma as atividades, qual é a sua saudade no futebol do seu time?

Deixe um comentário